Ensino no Québec

Um ótimo post do meu amigo Rogério no dia 02/10/2008, sobre educação secundária no Canadá, mas gostaria de completar com algumas coisas que aprendi esta semana.


Como ele disse o ensino fundamental aqui (primário) tem 5 anos e o secundário tem 6 anos. Após isso você pode fazer o (D.E.C.- DIPLOME D’ÉTUDES COLLEGIALES) ou (A.E.C.-ATTESTATION D'ÉTUDES COLLEGIALES), CEGEP (Instituição pós-secundária),


Os alunos assim que saem do secundário vão para o CEGEP para fazer como se fosse um curso técnico, podendo ir ou não para a universidade depois.


CEGEP, onde a Suzel faz curso de Francês, tem até escada rolante aí dentro.

o DEC é mais profissionalizante, dura por volta de 3 anos, e é equivalente ao nosso técnologo no Brasil. o AEC é um curso de 1 ou 2 anos, mas vale menos.

Após estes dois você pode entrar na universidade e fazer o BAC (Bacharel), para se conseguir um bacharel é preciso de pelos menos 90 a 100 créditos, podendo ser 3 cursos "minor", não necessariamente na mesma área (mas se for na mesma área melhor ainda). Há também os cursos "major" que tem mais créditos.

Depois do bacharel temos o Master (metrado) e o Doctorate (Doutorado), o primeiro você pode fazer um curso que pode variar de 1,5 a 2 anos, e o segundo pode durar 3 anos ou mais.

O MBA aqui não passa de uma especialização.

Os imigrantes que chegam, se tem uma universidade de 3 anos, na hora da equivalência (se for necessário), podem pegar apenas um DEC, podem comemorar se conseguir um BAC. Alguns cursos são aceitos como BAC tendo 3 anos. O caminho é mais ou menos assim:


Como disse o Rogério, as crianças que chegam, vão direto para a classe de Accueil para aprender o francês e depois entrar na escola normal mesmo. Mas eles aprendem outras matérias também com menos intensidade. A matemática do Brasil é mais avançada mesmo, o Thiago com menos de 2 meses de escola já foi destaque de matemática por várias vezes, mas como o professor disse, isso não conta muito, pois ele tem que se empenhar mesmo é no francês.

Aproveitando... O Thiago nunca foi um expert em esportes, sempre se divertiu muito e era bastante esforçado, mas nenhum craque digamos assim. Sexta-Feira passada ele começou as aulas de futebol, chegamos atrasados, pois erramos o lugar que seriam as atividades (vou chamar de atividade, pois aula não é.. hehehehe), chegamos, e o jogo já havia começado, estava 0x0, o "professor" nos recebeu e colocou ele em um dos times... Pense num menino que jogou? eu fiquei igual um bobo do lado de fora, resultado: o time dele ganhou de 9x0, e ele fez 5 gols, um inclusive de calcanhar... kkkkkkkkkkkkkkk, do lado da quadra tinha uma poça de baba... kkkkkkkkkkkkkkkk. Fico imaginando o que fariam os filhos daqueles que são craques mesmo.

Bem isso tudo foi explicado pra mim por um bacharel em engenharia química, se alguém tem mais informações, deixe um comentário que incluo aqui na hora.

abraço

Comentários

Andresa e Marcio disse…
Olá Well,
Tudo bem?
Marcio viajou a trabalho para Vancouver mas me deixou encarregada de passar o link do tradutor para você.
http://templatesparanovoblogger.blogspot.com/2007/12/tradutor-no-blog.html
Caso vc não goste desse tradutor com certeza vai encontrar outros HTML's no google.
A gente foi pesquisando pelo google, copiou o HTML, seleciou os idiomas que a gente queria e pronto o tradutor foi adicionado na nossa página.
Se você tiver alguma dificuldade em instalar me avisa.
Um abraço para vc e para a família,
Andresa e Marcio
Olá família...
Tudo bem com océis né???
Olha, fico feliz em saber que Thiaguinho está se destacando no futebol, eles aqui não entendem NADA mesmo o que é futebol...é isso aí Thiago, estoura esta bola na rede :p ... e mostra o que é um futebol de verdade, parabéns...

bjksss gente :)
honnald disse…
Olá Well e Suzel, tenho duas perguntas uma fácil e um pouco mais difícil, mas vcs estando aí tirarão de letra:

1) Eu sou formado em Administracao com Comercio Exterior, que nao é uma profissao regulamentada. Mesmo assim terei de fazer a equivalência do meu diploma?

2) Minha esposa ao chegar no Canadá, tem vontade de fazer um outro curso superior, ela pretende fazer seu sonho que é cursar Biologia, talvez na Universidade de Montreal. Existe alguma restrição para o imigrante com relação ao estudo? Deve cursar alguma coisa antes (não falo do idioma, mas de algum curso técnico algo para complementar o curriculo). Vc sabe quão fácil é para conseguir isso? Ela é graduada em Economia no Brasil pela Univ. Federal do Paraná.

Grande abraço e sorte para vcs.

Ronaldo e Susana.
Wellington disse…
oi Honnard, deixe seu contato, não tenho seu e-mail
abraço
honnald disse…
É verdade, nem me atentei a isso. Meu e-mail é ronaldomacieljr@yahoo.com.br

merci!
Ronaldo

Postagens mais visitadas deste blog

Imigração - Propaganda

Desafio da Coruja Vermelha

Estudando Medicina no Canadá