H1N1 - Vacinar ou não vacinar?


Pois é, estão dizendo que a vacina da gripe H1N1 ta aparecendo, no Brasil ouvi dizer que vai custar R$ 20.00 a dose, aqui vai ser de grátis... mas.... Mas também tem a gripe sazonal (gripe normal). E agora qual eu escolho? Aqui pouco se fala da H1N1 nos últimos meses, mas depois da pesquisa desenvolvida aqui no Canadá (abaixo), realmente não sei mais pra onde correr (aliás sei... rs), qual vacina tomar. A tendência é tomar a que o governo indicar né? Mas vejam abaixo a reportagem que saiu até no Brasil sobre a pesquisa.



OMS avalia risco de vacina sazonal expor mais à gripe A

Estudo feito no Canadá concluiu que risco de contrair H1N1 pode ser maior em pessoas que foram vacinadas contra a gripe sazonal. Uma conclusão que contraria os estudos até agora feitos e que está a preocupar as autoridades mundiais.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está preocupada com os resultados de um estudo que mostra que a vacina da gripe sazonal pode aumentar o risco de contrair o H1N1, o vírus da gripe A.

A confirmar-se esta relação entre a vacina sazonal e o risco de gripe A, as autoridades de saúde poderão ser obrigadas a reequacionar a estratégia de combate à pandemia.

Até agora, a OMS tem afirmado que a vacina da gripe sazonal deve ser administrada da mesma forma do que em anos anteriores. Em Portugal, a Direcção-Geral da Saúde sublinhou que esta vacinação não traz imunidade contra o novo vírus. E que, quando a vacina pandémica estiver disponível, as pessoas podem ser vacinadas mesmo que tenham recebido a vacina da gripe sazonal.

Porque são estas as orientações em vigor, e porque o estudo ainda não foi sequer divulgado, o director-geral da Saúde, Francisco George, não quis ontem avançar com qualquer comentário.

Para o especialista em saúde pública Mário Durval, este é apenas mais um dado para ter em avaliação. "Até agora, não havia conclusões neste sentido, mas este é só mais um contributo para a discussão que está actualmente em cima da mesa", afirmou ao DN, acrescentando que é ainda necessário esperar pela publicação oficial da investigação. O médico de saúde pública diz ainda que só um estudo não é suficiente para alterar a visão sobre este problema.

Durante esta semana deverá ser conhecida a lista e as características dos grupos prioritários a vacinar contra a gripe A. Até ao momento, sabe-se que serão as mulheres grávidas com mais de três meses de gestação, os profissionais de saúde e os doentes crónicos. As vacinas estarão disponíveis em Portugal em Outubro.

abraço

Comentários

Marilena disse…
Eu ainda estou indecisa. Se pensarmos bem faz um certo sentido esta interferencia de uma vacina na outra. Eu estou bem propensa a só vacinar contra a h1n1 e correr o risco de passar o inverno com crianças gripadas em casa, rs.
De qualquer forma estou agendando uma consulta com a pediatra deles para tentarmos juntas encontrar a melhor saída.

bj
NCarvalho disse…
Já tomou ou pensa vir a tomar a vacina contra a gripe H1N1?

http://www.sondagenspt.net/sondagem551.html

SondagensPT.net - onde o teu voto conta

Postagens mais visitadas deste blog

Imigração - Propaganda

50 profissões que o Canadá deseja

Desafio da Coruja Vermelha