Criando Expectativas

Quando estamos no nosso país e ouvimos falar sobre outro, sempre temos uma idéia, uma opinião formada daquele que desejamos até visitar muitas vezes.

Eu mesmo tinha uma idéia bem diferente do Canadá antes de vir, me decepcionei com muitas coisas e outras foram além das minhas expectativas. É a mesma coisa quando ouvimos falar tão bem, mas tão bem de um filme e vamos assistí-lo com as expectativas bem além do que realmente é, e nos decepcionamos.

Comigo foi assim, só ouvia falar bem, só via vídeos com elogios, que as cidades do Canadá são as melhores do mundo, etc. Outra maneira de decepção é quando visitamos uma cidade super hiper organizada e bonita (geralmente as pequenas cidades) e quando chegamos àquela que escolhemos e comparamos.

Tenho visto muitas pessoas reclamando que aqui isso ou aqui aquilo, mas isso é o ser humano mesmo, nunca está satisfeito, mas também acho que devemos lutar contra isso e ter um pensamento positivo à tudo.

Mas o que me impressiona mais são as pessoas que não vieram aqui ainda e não conhecem, na verdade conhecem só de ouvir falar ou do que leram uma vez ou outra e já formam uma idéia do que seria, claro que isso também é normal, mas devemos também mudar e sempre lembrar de que tudo não são flores.

Alguns aceitam bem a decepção, outros nem tanto, e com tantas promessas, palestras, ouvimos que aqui os empregos nos buscam nas ruas, etc, devemos cair na real, nem tudo são flores e se viermos com esta cabeça, quanto mais, maior será a decepção.

Posso dar dois exemplos disso: O primeiro é de um médico do Afeganistão que veio pra cá depois de ajudar os médicos das tropas canadenses no seu país, veio com muita esperança, mas está encontrando muitas dificuldades para exercer sua profissão por aqui, mas isso já é sabido de todos, o maior problema é que está passando dificuldades pois não tem dinheiro e o irmão dele que está no Afeganistão não manda o dinheiro à que ele tem direito pois ele não precisa, pois está na américa.

Outro exemplo é pequeno e está abaixo, todos pensam que aqui é o cúmulo da organização e estrturação, que tudo é lindo e maravilhoso, claro que existem cidades assim, Vancouver pode até ser uma delas (estou levado a me decepcionar... heheheheh). Um amigo em mandou um texto sobre as estradas do Canadá e que fazem piadas com os redutores de velocidade daqui, que são criativos, mas a história não é bem assim não, na verdade as piadas por aqui (principalmente no Quebec) são o contrário disso, claro que há lugares super estruturados, mas não é a regra (como no Brasil também existe):

Os comentários do meu amigo sobre as fotos abaixo foram estes (mal sabe ele que não é bem assim):


-------------------------------------------------------------------


ESSA É BOA. VOCÊ VAI ENTENDER NA TERCEIRA FOTO.



Controla velocidade, mais barato e eficaz que câmeras e multas.








Bastante eficaz, especialmente porque são mudados de local todos os dias.

Você se arriscaria a passar sem frear? E se uma hora for de verdade?


Não é maravilhoso?
Sim, mas é no Canadá.
Pobres Canadenses...Buracos de mentirinha, hehehehe
Não sei como eles acreditam que isso é real considerando os pavimentos que eles

recebem do governo.
Aqui não precisa. Buracos enormes existem de verdade, hehehehehe


----------------------------------------------------------------------------------------

Tirando-se algumas inverdades o negócio é até engraçado... hehehehehhehe

abraço


E a construção do seu muro era de jaspe, e a cidade de ouro puro, semelhante a vidro puro. E os fundamentos do muro da cidade estavam adornados de toda a pedra preciosa. O primeiro fundamento era jaspe; o segundo, safira; o terceiro, calcedônia; o quarto, esmeralda; O quinto, sardônica; o sexto, sárdio; o sétimo, crisólito; o oitavo, berilo; o nono, topázio; o décimo, crisópraso; o undécimo, jacinto; o duodécimo, ametista. Apocalipse 21:18-20

Comentários

Taty disse…
Calma, o que era uma propaganda virou um "abuso de autoridade"... vc pode ver, mesmo nas fotos que vc colocou (ou aqui, pra ver maior http://adsoftheworld.com/media/ambient/pioneer_suspensions_pothole?size=_original), que é uma jogada publicitária, e nada do "governo".... não tem nada a ver com "limite de velocidade"... é na verdade uma propaganda de uma marca de suspensão... que se vc tivesse elas no seu carro vc não sentiria nada ao passar em um buraco, exatamente como "acabou de acontecer"...

a ford tb já fez algo semelhante, veja aqui -> http://adsoftheworld.com/media/ambient/ford_ranger_rough_road?size=_original

beijos

Taty
Wellington disse…
oi Taty, não estou levando em conta se o e-mail é verdadeiro ou não, se o governo fez isso (o que é um absurdo pensar) para diminuir a velocidade, etc... nem mesmo se é propaganda ou não... Aproveitei o e-mail que recebi para falar da questão que criamos expectativas em muitas coisas e depois acabamos nos decepcionando... e esta questão dos buracos é bastante criticada aqui, na questão da qualidade do asfalto, veja: http://www.tetesaclaques.tv/les_nids_de_poule_vid2162

abraço

Wellington
Wellington, tempo que nao entrava aqui.

Concordo com genero, numero e grau com o que vc escreveu, so quem vive na pele sabe muito bem o que vc escreveu. Os pontos positivos, sendo verdadeiros ou nao, todos nos já sabemos quais sao, mas posso dar alguns exemplos que nos remete ao Brasil. O filho de uma amiga da minha esposa a uns 3 meses atras foi assaltado e espancado na escola em que estudava (publica e francesa), conheco 3 brasileiros que foram dormir e no dia seguinte seus carros tinham sido roubado, conheco outro que no centro teve seu carro arrombado e pegaram o GPS. Conheco várias pessoas empregadas em uma das maiores Cia's do Quebec e que sofrem descriminação diariamente por serem brasileiras. Enfim, exemplos ruins temos de monte, mas tb temos as coisas boas, como qualidade de vida, poder de compra, oportunidade de aprender outras culturas, dar uma opcao de vida melhor para os nossos filhos, etc.

Mas o ponto principal disso tudo é, aqui, em Londres, na Suiça, "no confudo do judas", tem coisas boas e coisas ruins, vai de cada um saber passar por cada dificuldade e nao guardar rancor e dar graças a Deus pelas vitórias.

Se vc tem esse espirito, se luta, perseverança e principalmente fé aqui é o seu lugar, agora, se vc acha que aqui "vc esta feito", vai levar na boa as lutas é melhor ficar ai no Brasil, curtindo um solzinho 340 dias por ano.

Abcs,
Ricardo disse…
É, só estando aqui pra viver e ver que aqui as coisas não são como são pintadas nas palestras.
Quando estamos no Brasil e ouvimos criticas a gente pensa mil e um coisas da pessoa que escreveu, "aaah esse povo ve defeito em tudo, não esta satisfeito com nada, fica inventado história, já que esta achando ruim pq não volta?" e por ai vai. Mas realmente a gente ve que a realidade aqui é bem diferente depois que estamos sentindo na pele, quando vivenciamos e começamos a ver que a gente vem pra k criando muita expectativa e ai vem a decepção e a surpresa tb com muita coisa boa, diferente, coisas que vc olha e fala: "onde que algo assim funciona do Brasil?", tudo realmente tem seus prós e contras, mas no geral viver aqui é muito bom.

Postagens mais visitadas deste blog

50 profissões que o Canadá deseja

Imigração - Propaganda

Mais Detalhes sobre a imigração pro Canadá