O que é preciso para imigrar?


Long time no see... Ando bastante atarefado e assunto me falta, esta é a razão da quantidade de posts terem diminuído tanto, mas de vez em quando aparece alguma coisa.

Este final de semana estava conversando com um amigo de outra cidade, digamos que quando eu estava pensando em imigrar, ele já havia feito a entrevista e entrado com o processo federal, isso em 2006. Nos ajudou muito e participamos juntos das palestras de imigração do Senhor Roque Paquette que mais parecia um  Silvio Santos fazendo propaganda do Canadá, e comentamos ahhh se a gente pegasse ele.... :).

Uma das perguntas que ficaram no ar foi: Se você soubesse que seria assim a imigração/adaptação você faria de novo? A resposta ficou pesada, será? depois de tudo que passamos, dificuldades, etc? A minha resposta foi mais fácil pois bem sei quem me trouxe, mas se eu realmente pensasse seria como fazer algo por que precisa ser feito e não pelo prazer de fazê-lo.

Não pelo o que estamos vivendo, mas pelo que passamos, todas as dificuldades que não teríamos no Brasil e tivemos aqui, mas também precisamos lembrar das dificuldades que teríamos no Brasil que não estamos tendo aqui e fazer um balanço de tudo.

Se existe paraíso na terra (e não existe) com certeza não é no Canadá. Mas como comentei antes o melhor lugar para se estar é debaixo da vontade de Deus.

Mas uma frase que este amigo meu disse que concordei com ele, foi a seguinte: Que para imigrar você precisa realmente querer e querer muito, pois é este "querer" que nos faz passar pelas dificuldades do dia a dia (do qual não tínhamos no Brasil). É este "querer" que minimiza as dores que temos nos momentos difíceis por aqui.

Mas não podemos esquecer que não necessariamente este querer está envolvendo toda família (uns querem mais outros menos), e quando um membro da família em que o querer não é tanto assim sofre, não há querer seu que conforte esta dor.

E chegamos à conclusão que não adianta escrever isso em forums, blogs e sites, pois não adianta, lembramos que se alguém falasse alguma coisa contrária pra nós quando estávamos no processo, não adiantaria nada, pois a empolgação era tão grande que não faria efeito. Não adianta falar pra um apaixonado que o/a outra é cheio de defeitos que ele não vai ver mesmo.

Como já disse muitas vezes aqui, cada um tem uma experiência muito diferente do outro, até mesmo dentro da mesma família. A experiência de imigrar é como uma digital, diferente de um pro outro. Mesmo após calcular o seu coeficiente de adaptabilidade :), existe o inesperado, aquele inesperado que nem mesmo você conhecia. Imigrar é um grande conhecimento de si mesmo, filosofando.

E então? quer mesmo? muito mesmo? ou mais ou menos apenas por ser boa experiência?

abraço

Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus, e faz a sua vontade, a esse ouve. João 9:31

Comentários

M e H disse…
Muito sábias suas palavras!
As vezes nos deixamos levar mais pela empolgação.. vontade de conhecer o novo.
Mas realmente temos que querer muito e como vc falou, esse "querer" que fará toda diferença.
Sabemos que nao existe país perfeito e que é inevitável nao sofrer.. não passar por dificuldades. Isso é algo que temos que ter em mente. É inevitável.
Ainda não tive a experiencia de imigrar. Mas creio que Deus esta no controle de todas as coisas. E vai nos ajudar a levantar cada vez que tropeçarmos.
Tudo de bom pra vcs
Que o Senhor os abençoe :)
abraços
Monique
vamosprocanada.blogspot.com
Doug Ramsey disse…
Sem dúvida, Well, imigrar não é oba-oba, por mais que a gente do lado de cá, que ainda não foi, só tenha olhos pras fotos das belezas do Canadá. E é realmente como você disse: a gente aqui diz que "sabe" dos riscos, que "entende" os desafios e tudo mais, mas só na hora que estivermos aí é que vamos realmente saber e entender. Como você disse, cada experiência é única.

Abraço!
Doug
http://jornadaparaonorte.blogspot.com
Fabi e Le + 2 disse…
Pois é ... imigrar envolve muitas coisas e principalmente muitos sentimentos.
Fui imigrante por 7 anos (US) e como já passei por esta experiencia concordo com suas palavras e principalmente no quesito imigrar com a familia "não há querer seu que conforte a dor do outro", porisso a decisão de imigrar tem que ser MUITO bem pensada.
Tenho uma coisa bem clara na minha cabeça ... uma vez imigrante, vc nunca mais será 100% feliz em nenhum lugar! ... talvez seja triste pensar assim mas é a realidade, todos os lugares tem seus prós e contras e é aí que tudo se complica.
Tudo de bom para vcs.
Abs
Mas o principal voce ja disse!
O que importa é que onde voce estiver tem que estar na presença de Deus!
Tudo sem Deus não é nada!
E até mesmo o nada com Deus é tudo!
Pois é, querer é poder????

Postagens mais visitadas deste blog

Imigração - Propaganda

Desafio da Coruja Vermelha

Estudando Medicina no Canadá