Segurança


Claro que não podemos comparar a segurança aqui com a nossa brasileira, principalmente em algumas de nossas grandes cidades de lá. Eu vim de Brasília e pude acompanhar o quanto a violência cresceu na capital nos últimos anos, me lembro ainda de brincar na rua até tarde da noite com os amigos, o que hoje é impossível.

Aqui não é diferente, na verdade o problema não é o Canadá, mas o mundo. A violência está crescendo em todo mundo, mas isso já está previsto há muito tempo.

Aqui o que mais ouvimos dizer são os furtos, quando não se está olhando, quando não há ninguém, aí sim acontece o crime, na maioria das vezes motivado pelas drogas (que é uma praga pelo mundo todo).

99% dos casos que ouvimos (de brasileiros), roubaram minha carteira quando eu não estava olhando, roubaram minha mochila, roubaram meu carro, minha bicileta, etc... Sempre sem a violência física, somente a violência moral.

Mas em algumas partes da cidade já podemos ouvir rumores de outros tipos de violência, mas sempre motivados por gangues, drogas e máfias. Problemas de cidade grande como muitos dizem, mas sempre aumentando, nas cidades pequenas o arrombamento é o mais comum.

A violência tem crescido no mundo todo, e concordo em muita coisa que minha amiga do Blog Quebecoisa disse, todos sempre conformados, ninguém reage, e a culpa é sempre da vítima: porque você facilitou? Porque deixou assim solto? etc...

abraço

E Jesus, respondendo-lhes, começou a dizer: Olhai que ninguém vos engane; Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E, quando ouvirdes de guerras e de rumores de guerras, não vos perturbeis; porque assim deve acontecer; mas ainda não será o fim. Porque se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes e tribulações. Estas coisas são os princípios das dores. Mas olhai por vós mesmos, porque vos entregarão aos concílios e às sinagogas; e sereis açoitados, e sereis apresentados perante presidentes e reis, por amor de mim, para lhes servir de testemunho. Mas importa que o evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações. Quando, pois, vos conduzirem e vos entregarem, não estejais solícitos de antemão pelo que haveis de dizer, nem premediteis; mas, o que vos for dado naquela hora, isso falai, porque não sois vós os que falais, mas o Espírito Santo. E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai ao filho; e levantar-se-ão os filhos contra os pais, e os farão morrer. E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo. Ora, quando vós virdes a abominação do assolamento, que foi predito por Daniel o profeta, estar onde não deve estar (quem lê, entenda), então os que estiverem na Judéia fujam para os montes. E o que estiver sobre o telhado não desça para casa, nem entre a tomar coisa alguma de sua casa; E o que estiver no campo não volte atrás, para tomar as suas vestes. Mas ai das grávidas, e das que criarem naqueles dias! Orai, pois, para que a vossa fuga não suceda no inverno. Orai, pois, para que a vossa fuga não suceda no inverno. Porque naqueles dias haverá uma aflição tal, qual nunca houve desde o princípio da criação, que Deus criou, até agora, nem jamais haverá. E, se o Senhor não abreviasse aqueles dias, nenhuma carne se salvaria; mas, por causa dos eleitos que escolheu, abreviou aqueles dias. E então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo; ou: Ei-lo ali; não acrediteis. Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos. Mas vós vede; eis que de antemão vos tenho dito tudo. Ora, naqueles dias, depois daquela aflição, o sol se escurecerá, e a lua não dará a sua luz. E as estrelas cairão do céu, e as forças que estão nos céus serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem nas nuvens, com grande poder e glória. E ele enviará os seus anjos, e ajuntará os seus escolhidos, desde os quatro ventos, da extremidade da terra até a extremidade do céu. Aprendei, pois, a parábola da figueira: Quando já o seu ramo se torna tenro, e brota folhas, bem sabeis que já está próximo o verão. Assim também vós, quando virdes sucederem estas coisas, sabei que já está perto, às portas. Na verdade vos digo que não passará esta geração, sem que todas estas coisas aconteçam. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão. Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai. Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo. E como se um homem, partindo para fora da terra, deixasse a sua casa, e desse autoridade aos seus servos, e a cada um a sua obra, e mandasse ao porteiro que vigiasse. Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã, Para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo. E as coisas que vos digo, digo-as a todos: Vigiai. - Marcos 13:5-37


Comentários

deneval disse…
olá Wellington.
Meu nome é Deneval e, tenho absoluta certeza que voce não lembra de mim.
Porém, lá em outbro de 2008, tive acesso ao seu programa de imigração. Tirei algumas dúvidas com voce muito úteis.
Depois de lê-lo, finalmente encontrei as sinalizações que faltavam para que e realizasse o sonho de imigrar. Entre outras coisas vistas, optei pelo Canadá e, especialmente pelo Québec.
Só te adiatando um pouco. Estou com o visto de residência permanente em mãos e, chegando em Montreal em julho.
Te digo que foi um caminho delicioso de ser percorrido de muita pesquisa e espectativas.
Queria te agradecer do fundo do coração pela sua iniciativa e, da importância que aquelas informações tiveram nessa altura do "campeonato".
Gostaria de manter um contato mais próximo com voce, se possível.
Meu email pessoal é: denevalcosta@hotmail.com

Que o amor do Senhor Jesus seja uma constante em sua vida.
Fica com Deus.

Deneval.
AnaCarol disse…
nossa esse post foi incrível!
mts dos que estao indo nao tem ideia do que eh ou como eh...

a violencia, infelizmente esta em todo lugar, mas com certeza nao se compara com a do brasil, muito menos com a do rio...

gostei muito de ler sobre.
bjus
Pois é...
Infelizmente a violência está se espalhando.
Nada que mude meus planos de imigração.
Mas quantos mais detalhes conhecemos, mais chances de sucesso nós temos.
Fico chateado quando eu tento explicar isso e os candidatos a imigrante não querem ouvir..

Postagens mais visitadas deste blog

Imigração - Propaganda

Desafio da Coruja Vermelha

Estudando Medicina no Canadá