Viajando com Passaporte Canadense

Calma, calma, ainda não tenho.... hehheheheheh

Antes, gostaria de agradecer a todos os comentários do post anterior sobre Motivos para Imigrar e Não Imigrar, mas vou refazer todo os post com a minha opinião, pois apenas copiei e colei de outra pessoa e acho que não fiz bem, melhor a minha impressão pois acabei pegando por exemplo as impressões de uma pessoa que está afetada emocionalmente... hehehehhehe

Então, fica a promessa de um post com a minhas impressões pessoais pra depois.

Vamos lá....


Já fui algumas vezes aos EUA, sempre com o passaporte brasileiro, claro, o tratamento difere, as vezes nos deixam esperando, as vezes não, mas muitas pessoas já relataram que é uma tensão só na fronteira e eu acho que é mesmo. Muitas perguntas, muitas desconfianças, etc.

Mas tive a oportunidade de viajar pra lá com um amigo que já tem o passaporte canadense, e vocês precisavam ver a diferença no tratamento... hehehehhehehe. Conosco, mil perguntas, conferências, pra onde vai, de onde vem, quanto tempo vai ficar, levando isso ou levando aquilo, etc...

Com nosso amigo, pegou o passaporte, passou na maquininha e devolveu e mais nada, até mesmo o tratamento foi diferenciado, sem nem mesmo um carimbinho no passaporte. Mas a nossa hora vai chegar. hehehehheeh

Falando nisso, vimos um documento de uma amiga nossa que deu entrada na cidadania, convocando para a cerimônia e achei bem interessante. Advinha quais documentos estavam pedindo? Sempre falo aqui da importância do CRP, isso mesmo estavam pedindo ele, o PRCard e mais dois documentos com foto, além de outros documentos menos importantes para este post.

Mas duas coisas me chamaram também a atenção, a primeira foi o fato de solicitarem (*opcional) para levar um livro sagrado qualquer de sua preferência... hehehehehehhe, provavelmente para fazer o juramento, e segundo foi o fato de mencionarem que não se pode recusar nem faltar à convocação com penalidade de recomeçar todo o processo do zero.

Achei bem legal, e parabéns pra minha amiga que depois de tanto tempo vai conseguir a sua cidadania, e esqueci de perguntar a ela, quanto tempo demorou, mas disseram que o processo está demorando por volta de 1 ano da entrada.

abraço a todos....


"Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Mateus 25:35"

Comentários

Família Ramos disse…
É, eu já imaginava que tivesse uma "boa" diferença de tratamento nesses casos.

Muito tempo atrás, antes da paranóia devido o 11 de setembro, mais precisamente em 1997 eu estava em Vancouver e fui aos EUA de ônibus. Na época, nem sequer pediram passaporte de ninguém!!! Quanta diferença para hoje em dia hein?

Abraços,
Alessander

Postagens mais visitadas deste blog

Imigração - Propaganda

Desafio da Coruja Vermelha

Estudando Medicina no Canadá